Hospital dos Peluches | 3 agosto



Hospital dos Peluches
 

Com a orientação pela Cruz Vermelha Portuguesa - Centro Humanitário Litoral Oeste Norte, vamos montar um pequeno hospital de campanha no jardim do Museu da Nazaré.

Nas férias de Verão, é tempo de brincar, mas também de aprendermos a ser solidários e a desmistificar o Medo. Esta é uma atividade que conjuga todos esses desafios... A brincar, vamos sensibilizar as crianças para as questões da solidariedade e pedagogia da saúde!

Calendarização: 3 de agosto
Duração: 30 a 45 minutos
10h às 12h30 | 14h às 17h
Inscrição prévia. Gratuito.


Contactos:
Museu Dr. Joaquim Manso
Rua D. Fuas Roupinho
2450-065 Sítio | NAZARÉ
telef. 262562801
e-mail: mjmanso@drcc.gov.pt
http://mdjm-nazare.blogspot.pt/
https://www.facebook.com/MuseudaNazare/

Percurso “Lenda & História”



Percurso “Lenda & História”

Às quintas-feiras de manhã, entre 13 de julho e 24 de agosto, o Museu Dr. Joaquim Manso – Museu da Nazaré recebe os grupos do percurso "Lenda e & História", do programa "Viver o Mar" / Bandeira Azul, dinamizado pelo Município da Nazaré.

Durante o VERÃO, nas manhãs de quinta-feira, descubra a "Lenda & História" da Nazaré, percorrendo os espaços monumentais do Sítio: Bico da Memória, Capela da Memória, Padrão Vasco da Gama, Santuário de Nossa Senhora da Nazaré e Museu Dr. Joaquim Manso.

Inscrições na Biblioteca de Praia e Centro Cultural da Nazaré.
Concentração junto à Biblioteca de Praia.

O Museu desce à Praia 2017






O MUSEU DESCE À PRAIA

Em julho, o Museu Dr. Joaquim Manso também vai à praia!

Entre as brincadeiras na areia e os mergulhos no mar, convidamos as crianças a participarem em atividades lúdico-pedagógicas relacionadas com o Mar e o Património da Nazaré.

11, 18 e 25 julho | terça-feira, 14h30
local: Biblioteca de Praia
colaboração: Bandeira Azul / Câmara Municipal da Nazaré
Mediante marcação prévia (na Biblioteca de Praia). Gratuito.

As Cores que Pintam o Mar | Há Verão no Museu 2017



AS CORES QUE PINTAM O MAR

Vamos descobrir as cores do sol, da areia e do mar? Como são coloridos os barcos, os foquins e o traje da Nazaré!

Fazendo uma viagem pelas cores e através de um jogo em equipas pelo Museu, vamos conhecer a lenda milagrosa da Nazaré, as suas embarcações pontiagudas e artes de pesca, o Forte e a Onda da Praia do Norte, e tantas outras tradições desta praia piscatória. Um jogo em que todos têm de cooperar e pôr em prática as suas capacidades de observação, para encontrar a solução final!

Depois, vamos aprender a misturar as tintas, descobrir novas cores e pintar, em conjunto, um mar bem colorido!


Marcações:
MUSEU DR. JOAQUIM MANSO – MUSEU DA NAZARÉ
4 aos 10 anos
4 a 28 julho | duração aprox.: 1h30
terça-feira a sexta-feira, mediante marcação prévia: 1 €/participante
Grupo (máx. 20-25)

CONTACTOS:
Museu Dr. Joaquim Manso | Direção Regional de Cultura do Centro
Rua D. Fuas Roupinho | 2450-065 Sítio | NAZARÉ
telef. 262 562 801 | e-mail: mjmanso@drcc.pt (Deolinda Brites / Dóris Santos)
http://mdjm-nazare.blogspot.com | https://www.facebook.com/MuseudaNazare

Como se veste a Nazaré | Há Verão no Museu 2017



Como se veste a Nazaré
Dizem que as mulheres da Nazaré usam 7 saias e que escondem uma algibeira sob o avental. E que os homens guardavam o dinheiro dentro do barrete da cabeça.

Queres conhecer estas e outras tradições do Traje da Nazaré? Esta é uma atividade em que vais descobrir os tecidos e modelos do traje tradicional da Nazaré, masculino e feminino, na sua versão de trabalho e de festa.

Após visita ao Museu, chamando a atenção para o aspeto funcional e decorativo, para os tecidos e respetiva confeção do traje tradicional da Nazaré, segue-se a exploração de uma “maleta-pedagógica”, em que cada criança pode vestir bonecos com miniaturas de peças (em tecido).

Esta é uma atividade que associa o aspecto lúdico à aprendizagem sobre a estrutura sócio-económica de um traje funcional associado à pesca, ainda diariamente utilizado por muitas mulheres da Nazaré.

Objetivos gerais:
Realçar a dimensão funcional e identitária do traje tradicional da Nazaré.

Palavras-chave:
Trajes tradicionais | Pescador | Peixeira | Identidade | Etnografia | Cultura marítima


Marcações:
MUSEU DR. JOAQUIM MANSO – MUSEU DA NAZARÉ
4 aos 10 anos
4 a 28 julho | duração aprox.: 1h30
terça-feira a sexta-feira, mediante marcação prévia: 1 €/participante
Grupo (máx. 20-25)

CONTACTOS:
Museu Dr. Joaquim Manso | Direção Regional de Cultura do Centro
Rua D. Fuas Roupinho | 2450-065 Sítio | NAZARÉ
telef. 262 562 801 | e-mail: mjmanso@drcc.pt (Deolinda Brites / Dóris Santos)
http://mdjm-nazare.blogspot.com | https://www.facebook.com/MuseudaNazare

2º momento dos projetos educativos com o Externato D. Fuas Roupinho

video


Projetos "Voando sobre uma praia de gaivotas" e "Perspetivas d'O Sítio" | 2° momento

Estão em grande azáfama os alunos do 10° e do 11° ano de Artes do EDFR - Externato Dom Fuas Roupinho, orientados pela prof. Sónia Matos!


No dia 27 de março, o Museu Dr. Joaquim Manso foi à escola acompanhar os trabalhos dos projetos "Voando sobre uma praia de gaivotas" e "Perspetivas d'O Sítio", após as visitas realizadas em janeiro.

Com a criatividade e empenho dos alunos, em maio de 2017, certamente irão ser apresentados desenhos e filmes de animação bem surpreendentes!

Ficamos à espera... no Dia Internacional dos Museus (18 maio) e na Noite dos Museus (20 de maio), num evento também integrado no projeto Nazaré Marés de Maio.









Projeto "Urban Sketch. Perspectivas d'O Sítio” com Externato D. Fuas Roupinho



No dia 26 de janeiro de 2017, os alunos do 10º ano do Curso de Artes Visuais do EDFR - Externato Dom Fuas Roupinho visitaram o Museu Dr. Joaquim Manso, com a prof. Sónia Matos, iniciando o projeto “Urban Sketch. Perspectivas d'O Sítio”, um projeto educativo de parceria entre ambas as instituições, que culminará com uma exposição dos trabalhos em maio, no Dia Internacional dos Museus, num evento também inserido no projeto comunitário "Nazaré. Marés de Maio".

Este projeto centra-se na análise do espaço urbano da Nazaré e na sua representação através do desenho. Os alunos observaram várias fotografias e pinturas sobre o espaço urbano e o casario da Nazaré e, num segundo momento, procederem à representação gráfica.

Agora, vão partir para a "rua" e, em contexto escolar, desenvolverão os seus "urban sketches".

Estamos ansiosos por ver os resultados...









Projeto "Voando sobre uma praia de gaivotas" com Externato D. Fuas Roupinho




No dia 18 de janeiro de 2017, teve lugar o primeiro momento do projeto "Voando sobre uma praia de gaivotas" no Museu Dr. Joaquim Manso.


Trata-se de um projeto de Artes Plásticas de parceria entre o Externato D. Fuas Roupinho e o Museu Dr. Joaquim Manso, com a colaboração do ceramista Mário Reis, que recentemente tem vindo a desenvolver o seu trabalho cerâmico em torno da Nazaré, personalizado na figura da "gaivota".

Os alunos do 11º Ano do Curso de Artes Visuais, orientados pela professora Sónia Matos, vieram ao Museu para analisar com mais atenção algumas das peças em exposição ou em reserva, daqui derivando sugestões para a etapa posterior do trabalho. Os alunos deram a conhecer a Mário Reis os desenhos já realizados a partir de algumas das suas "Gaivotas", que estiveram em exposição no Forte de S. Miguel Arcanjo durante o ano de 2016.

Na Noite dos Museus, 20 de maio, será a apresentação final do projeto com uma exibição multimédia, num evento público na Praça Sousa Oliveira, brevemente a divulgar (integrado também no projeto comunitário "Nazaré. Marés de Maio").



Em dezembro... Vamos aprender a ser Solidários


Era uma vez uma Cruzinha...

No dia 15 de dezembro, dentro do espírito solidário da época natalícia, cumprindo uma função social e de promoção da inclusão, o Museu Dr. Joaquim Manso, em conjunto com a Cruz Vermelha Portuguesa - Centro Humanitário Litoral Oeste Norte, vai promover a atividade “ERA UMA VEZ UMA CRUZINHA...”. 


Com esta atividade pretende-se explicar aos mais pequenos, de uma forma muito simples, como foi criada a Cruz Vermelha, sensibilizando-os para os valores da Solidariedade e Ajuda Humanitária.

E como “a brincar, se vai aprendendo...”, com o apoio de uma “mala de estórias”, lá vamos explicando que aquela cruzinha, pequenina e vermelhinha, nasceu numa guerra... num campo de batalha (a batalha de Solferino). Cresceu forte... com a ajuda de todos, e em todo o Mundo, e está em Portugal há 151 anos e na “Nazaré” também!...

Depois, num ambiente de “faz-de-conta”, vamos recriar um “hospital de campanha” onde as crianças, vestidas de enfermeiras, outras de médicos, ou até de pilotos de helicóptero e condutores de ambulâncias, vão cuidando dos doentes, da maternidade, dos alimentos... da Ajuda Humanitária!

No fim, cada uma irá recortar e colar, para construir a sua ambulância de papel, que depois poderá levar consigo.

Tem sido animado o Verão no Museu!



ATL "Arco Íris"

Muitos têm sido os grupos que, nestas férias de verão, têm vindo ao Museu participar nas atividades "Há Verão no Museu".

Com "Mar colorido", dinamizado com a colaboração da nossa estagiária da Escola Profissional da Nazaré, Tatiana Branco, as crianças aprenderam sobre as embarcações tradicionais de pesca, armadilhas e artes de pesca, terminando na realização de polvos e peixes, com recurso a vários materiais.

Em "Nazaré a cantar", a visita é feita ao ritmo da seleção de canções sobre a Nazaré e o mar ou relacionadas com a exposição permanente do Museu. E ao convite da cantora nazarena Dina Ricardo Alves, os coros têm sido muito afinados!
 
Quem sabe cantar?
"Nazaré, Nazaré
Foi Nossa Senhora quem te quis louvar
Elegendo-te a rainha
Das terras formosas
beijadas p'lo mar.
Nazaré, Nazaré
Foi Nossa Senhora quem te quis fadar
O eco responde além
Nazaré, Nazaré, Nazaré"




O Museu desceu à Praia



Em julho, o "MUSEU DESCEU À PRAIA", nas tardes de quarta-feira, para dinamizar atividades relacionadas com as suas coleções, a Nazaré e o Mar.

Oficinas de "imagem em movimento", "bonecos articulados" e "mar colorido" sensibilizaram os mais novos para as tradições da Nazaré e constituiram um CONVITE para, nestas férias de verão, pais e avós visitarem também o Museu Dr. Joaquim Manso, no Sítio.

As atividades decorreram no espaço da Biblioteca de Praia, no âmbito da do programa Bandeira Azul / Câmara Municipal da Nazaré.